Acelerador parte-se durante teste de aceleração a SUV chinês

Surpreendido com o episódio, o russo acabou às gargalhadas! Não perca as imagens!

Os imprevistos acontecem. E no universo automóvel, não são raras as vezes em que os testes realizados aos veículos terminam (ou melhor, são interrompidos) de forma surpreendente.

Há marcas com grande reputação, nas quais depositamos grande confiança. Ainda assim, é importante não esquecer que os carros são máquinas extremamente complexas, compostas por milhares de componentes. É por isso que cada projeto precisa de vários anos de desenvolvimento, para que tudo seja devidamente testado.

Nos últimos anos, na China, registou-se um aumento exponencial do número de marcas automóveis. A par da evolução dos modelos já existentes, foram surgindo novos projetos, alguns deles marcados por falhas e quebras nos componentes. O vídeo que pode ver abaixo ilustra um belo exemplo.

Durante a gravação de um teste de aceleração ao SUV chinês Chery Tiggo 2 (realizado por um blogger russo do Canal Z Drive) aconteceu algo bastante inesperado. O objetivo era simples: saber quanto tempo é que o veículo demorava a atingir os 100 km/h. Até aqui, nada de novo, certo?

Para efetuar a experiência, o russo escolheu uma reta sem trânsito e, assim que carregou no acelerador, o carro teve um comportamento… estranho. Sem saber ao certo o que tinha acontecido, decidiu sair do automóvel, apercebendo-se de que… além de o pedal se ter partido, era feito de plástico.

Também poderá gostar: