Condutor surpreende mecânicos aldrabões ao deixar câmara ligada no carro

Em vez de repararem o veículo, decidiram ir comprar gelados…

Alguma vez pensou no que realmente acontece ao seu carro depois de deixá-lo no mecânico para algum arranjo?

Pois bem, se nunca saiu do estabelecimento com alguma insegurança, o mais provável é que, a partir de hoje, isso venha a acontecer. Tudo porque um condutor mais cauteloso decidiu fazer um teste e pôr à prova os seus mecânicos.

O episódio ocorreu na cidade de Mississauga, perto de Toronto (Canadá), quando Daniel Sheikhan deixou o seu Mercedes S63 AMG numa concessionária oficial para a revisão do carro. Curioso para ver o procedimento dos profissionais, o condutor deixou a “dash cam” ligada e, acredite, fez uma descoberta surpreendente.

Com esta simples estratégia, Daniel apercebeu-se de um esquema fraudulento que é bem capaz de ter lesado inúmeros proprietários de automóveis em milhares de euros. Afinal de contas, o método aplicado ao Mercedes não deverá ter sido usado apenas uma vez…

Os profissionais cobraram-lhe 700 dólares por uma intervenção… que não chegou a ser realizada. Tal como é possível comprovar nas imagens, um procedimento que demora, pelo menos, 90 minutos, foi, neste caso, surpreendentemente rápido!

O automóvel esteve apenas 11 minutos na zona de reparação, já que, depois, o técnico e o colega decidiram entrar no carro para irem comprar gelados. Ao longo do passeio, ainda é possível ouvi-los comentar que nem sequer leram a ficha de reparação do Mercedes. Quanto profissionalismo!

Quando voltou à oficina para ir buscar o carro, Daniel apercebeu-se de que o porta-copos estava repleto de manchas de gelado. Ao confrontar o responsável da concessionária, obteve a melhor resposta de sempre.

Também poderá gostar: