Marinha Portuguesa afunda corveta “Afonso Cerqueira” para potenciar biodiversidade marinha

Nos tempos que correm, nada como boas notícias para o ecossistema e para a sustentabilidade da biodiversidade do planeta.

O arquipélago da Madeira está a fazer a sua parte e, no passado dia 4 de Setembro, deu mais um passo para a criação de um roteiro de recifes de corais. O navio “Afonso Cerqueira” foi o terceiro a ser afundado pela região madeirense para potenciar as capacidades turísticas ambientais daquela região portuguesa.

A operação de afundamento começou a 17 de fevereiro, quando o “Afonso Cerqueira” largou, pela última vez, um cais da Marinha em direção ao estaleiro destinado à execução de todo o processo.

A embarcação foi descontaminada de todo o material tóxico e foi afundada com recurso a explosivos de corte, ficando a 400 metros de distância da costa, a uma profundidade de cerca de 30 metros.

Também poderá gostar: